Menu

O retorno da Motorola: Smartphone customizável !

July 8, 2013 - Celulares, Notícias, Uncategorized

motorola-x-phone-smartphone-alta-gama

A Motorola finalmente vai lançar um novo aparelho. Este fato, que parece normal e corriqueiro, fica mais importante por que é o primeiro que eles lançam desde que a empresa foi comprada pelo Google.

Para quem não lembra, o Google comprou a Motorola em 2011. No entanto, ele não a transformou simplesmente em uma fabricante de aparelhos Nexus – a linha de smartphones e tablets do próprio Google. Não, ele manteve a autonomia da Motorola, mas dando seu apoio a ela, já que agora ela é uma divisão da companhia. Agora, o fracasso de uma é o fracasso do outro, também. Isso nos deixa um pouco mais ansiosos para ver o que eles vão colocar no mercado, não é?

E a espera por esse lançamento não foi em vão. Pelo visto, o Moto X – o tal novo smartphone, do qual pouco se sabe, exceto que vai rodar com Android 4.2.2 Jelly Bean – será customizável. Isso significa que os clientes poderão fazer sugestões para alterações na aparência de seus telefones.  Embora não tenham divulgado oficialmente o que, exatamente, vai poder ser modificado, fontes revelaram que o comprador vai poder alterar a cor da traseira e bordas, gravar um nome ou mensagem na parte de trás do celular e pré-carregar uma foto como plano de fundo.

A Motorola até lançou uma campanha de marketing para esse produto – uma campanha que tenta vender uma imagem fantástica, tanto do produto quanto da empresa. No texto, eles falam de como a customização do aparelho simboliza a liberdade de ser quem você quiser. Também falam de como a Motorola tem o maior talento em design, engenharia e produção, e não é uma empresa qualquer.

Okay, tudo bem. Talvez o Moto X e sua promessa de customização não sejam tão empolgantes quanto essa propaganda tenta vender. Mesmo assim, temos que respeitar a importância do Moto X, que representa o início de uma nova era para a Motorola. Nos últimos anos antes da compra pelo Google, ela teve vários problemas para sobreviver na competição com a Samsung e a Apple. Agora, porém, debaixo da asa do Google, a perspectiva é mais animadora.

E já aparecem alguns sinais de que a Motorola está se recuperando – ou espera se recuperar, com o lançamento do Moto X. Ela planeja contratar cerca de 2 mil funcionários para a produção do smartphone, e ampliar sua distribuição nos EUA. Resta ver se esse investimento vai dar retorno, ou se a Apple e Samsung vão continuar levando a melhor.