Menu

Tablet da CCE é completamente desenhado no Brasil !

June 26, 2013 - Notícias, Tablet's, Uncategorized

 

Untitled-1

 

A CCE fez uma coletiva de imprensa nesta terça-feira, dia 25 de Junho, para apresentar a primeira linha de produtos lançada depois que foi comprada pela Lenovo, no ano passado. Com estes novos produtos, ela entra para o mercado de smartphones e tablets, com a ajuda da parceira Qualcomm.

O tablet que a CCE apresentou é o primeiro de sua categoria a ser completamente desenhado no país, e sua promessa é ser “pensado para o público nacional”, como disse o CTO da empresa, Rodrigo Fleury.

É claro que a CCE perde para gigantes do mercado, como a Apple e a Samsung, tanto em termos de tradição e fama no segmento quanto em termos de apelo entre os consumidores. Mas eles confiam em sua força no varejo, pois contam com um número muito grande de pontos de venda, o que dá maior visibilidade aos seus produtos. Em termos de concorrência, eles estão mais próximos da Positivo, que ocupa um espaço parecido no mercado.

Agora, você talvez esteja curioso sobre que tipo de tablet e smartphone eles estarão lançando. Bem, aqui vão as especificações técnicas.

O tablet da CCE, nomeado “Motion Tab”, terá dois modelos, um com tela de 7” e um com tela de 10”, que terão acesso a conexão Wi-fi e 3G. A tela terá resolução HD. O processador é da parceira Qualcomm. Os aparelhos terão 16Gb de HD e usarão o sistema operacional Android, versão 4.1, que é a mais recente. O preço deverá variar entre R$699 e R$899.

Já os smartphones, que receberam o nome de “Motion Plus”, serão vendidos em modelos de tela que vão de 3.5” até 5”. O processador, novamente Qualcomm, poderá ter de 1Ghz até 1.4Ghz. O sistema operacional irá variar entre as versões 4 e 4.1 do Android. Ele estará disponível nas cores branco e preto. O preço dos aparelhos deve ir de R$399, para os modelos com configurações mais simples, até R$899.

A expectativa é de que esses produtos cheguem às lojas no final do ano, para as vendas de Natal. Eles devem ser uma boa opção alternativa para aqueles que querem ter a comodidade de um dispositivo mobile, mas não têm condições financeiras – ou simplesmente não têm interesse – para comprar as opções das marcas maiores, que custam no mínimo o dobro. Ficou claro que, a partir de agora, a Lenovo vai se encarregar dos produtos voltados para a classe A e B, enquanto a CCE irá lançar versões para as classes B, C, e D.